Encontro Semanal

O voo das aves

.

Paz e Amor

.

Se olharmos um pouco a história da humanidade veremos situações semelhantes à que vivem as pessoas deste país. Os conflitos em suas bases quase sempre relacionam domínios de grupos de interesses contra interesses coletivos. Não há relação direta entre a consciência e as reações a favor de algo de uns ou de outros. Certamente, assistimos, influenciando a luz do amor para que aqueles possam surgir com uma força maior. Mas, se atuássemos desde sempre na história da humanidade, a história não seria a mesma. Estaríamos dominando os seres humanos. De certa maneira, já aconteceu e irá acontecer. Seres não humanos dominando seres humanos. Não fossem as intervenções de outros não humanos, a humanidade estaria sendo literalmente escravizada por seres extra-terrestres. As relações de domínio, por fim, desta maneira, continuam sendo as mesmas, e só diferenciam-se quando não há intervenção não humana na experiência humana. A intervenção é uma intromissão forçada pela força. Portanto, nunca fizemos essas ações e não faremos. É a experiência de cada um que pode transformar a realidade de cada um. As aves demonstram sutilezas em seus voos, semelhante às ações das personalidades humanas, em relação ao âmbito da consciência e da estratégia. Algumas aves noturnas precisam fazer voos silenciosos por entre os galhos das árvores para conseguir o alimento de cada dia. Enquanto a coruja com a sua sabedoria noturna, com uma cor fugidia no escuro voa mais silenciosamente do que se pode imaginar, no silêncio, ela consegue ficar invisível, pois não há som em seu voo, e quando este voo se compara ao voo de uma garça, ao sol do meio-dia, protegendo o seu ninho, voa mais alto do que o seu predador, pois o seu silencio é a sua defesa. Ela mergulha para proteger no silêncio do voo. Quanto mais sutil é o voo, mais eficiente é o objetivo. Quanto mais turbulento é a estratégia, mais sensível ao fracasso. Entre o predador e o defensor há diferenças imensas na forma de provocar o silêncio, assim como o amor na experiência de uma pessoa sutilmente, silenciosamente surge do coração, invadindo o coração, o corpo e a mente sintonizando o espírito em suas ações legítimas de superação e de enfrentamento. Há um momento em que o anjo empunha a sua espada no silêncio do seu corte de energia, separando as dimensões entre o bem e o mal. O amor é contundente e o seu poder continua. É preciso cada um olhar para si e enfrentar em si sua própria luz diante do que crê. O poder da fé transforma e o mundo aleatório e desconhecido não é terra de ninguém. As coisas não acontecem porque as pessoas querem. Elas acontecem porque são levadas pelos seus suirsomas. E os suirsomas coletivos como os suirsomas individuais traçam os mesmos pesos e as mesmas medidas. E as divisões das responsabilidades acabam por cair distributivamente entre todos. A essência do amor incondicional encontra-se em cada um. No mundo desconhecido do futuro, a influência mental exociencial, relacionada ao amor é muito maior do que outras posturas que negam o amor. Independentemente de certas questões, os resultados irão refletir a experiência suirsômica deste país. Como em outras histórias semelhantes. Só o amor pode romper o que alguns se metem a prever. Mas, não há definição. Confie em si e transmitam para outros a confiança. Só isso podemos dizer. Paz e Amor. Paz e Amor.

Grupo: Acho que o silêncio da gente mostra um pouco a dificuldade que a gente tem de processar este momento. Você falou sobre suirsoma coletivo, do país. O que é suirsoma coletivo? Entendo que possa ser uma rota ou um caminho que as pessoas estão vivendo neste momento. Mas, o que poderia ser falado sobre o suirsoma coletivo?

NA: As histórias de cada um não são apenas uma linha onde os eventos aconteceram e foram se transformando. Mas, como uma cauda de um cometa que se distribui a partir de um ponto, deixando um rastro complexo de relações. As relações entre as partículas que formam aglomerados e desenhos, desenhos que mostram uma trajetória de muitas forças que agem da natureza, na natureza. Cada um deixa o seu rastro com milhares e milhares de relações pendentes à espera de resultados pendentes que formam rastros pela esfera da existência, modificando o cerne das noções, das consciências, transformando cada um, que é transformado por todos, transformando outros e mais outros. Os suirsomas se somam. Os suirsomas formam trajetórias da experiência de um lugar onde ficam os resíduos físicos de suas presenças depois que todos se vão. Os móveis, os lugares, os resultados, os livros, as frases, as atitudes, os exemplos, os sofrimentos, os arrependimentos, as formas, as descobertas, as mudanças de comportamento, as transformações coletivas, porque disse um que a humanidade iria mudar, porque disse outro para crer no amor. As prisões, os confinamentos, as desistências, as orientações, os valores, as riquezas, as escravidões, as explorações, os libertadores, os déspotas, as guerras. Tantas coisas das ações humanas são levadas para o coletivo, e o coletivo se beneficia, sofre, muda, morre e vive. Morre, nasce, revive, transforma. Os suirsomas são as forças das evidências, as habilidades, as capacidades, as forças individuais que elevam para o bem, que transformam o mal, que enfrentam, que mostram a coragem, mas também a covardia. A experiência humana é sempre assim, cheia de sofrimentos e de transformações, e cada vez mais chegam próximos de si e tendem, de certa maneira a superarem suas dificuldades, e os seus desafios se tornam cada vez maiores, pois dependem que percebam que o amor está dentro de cada um. É preciso encontrar este amor para distribuí-lo, multiplicando pelo mundo, transformando a humanidade, do contrário ela será o que de pior poderá ser. Por isso, acreditem em si e no potencial verdadeiro e incondicional do seu amor. Paz e Amor.

Grupo: Obrigado

NA igualmente agradecemos. A luz dos caminhos se acende quando o vislumbre de quem caminha o faz sorrir e esperar o melhor. É bem provável que o sorriso contamine a outros e esses outros possam perceber que há enganos em toda parte. Sempre há enganos. Ilumine os enganados com a luz do seu amor, pondo-os em sua luz de amor. Paz e Amor.