Encontro Semanal

A mente e suas oposições

Paz e Amor.

Muitas vezes, pensa-se que há um determinado controle naquilo que se pensa, ou estabilidade em relação aos estados mentais. Mas, nem sempre as mentes humanas são estáveis, pois frequentemente, por duvidar de si mesma, encontra-se em dúvida ou afirmando contra si mesma. Há vários estados mentais comuns, como os estados que geram indisposição física, que atendem aos domínios externos, incutidos no âmbito mental, desde a infância. Muitos desses estados mentais são persistentes, apresentando determinadas características para se pensar. Muitas dessas características atuam de forma automática, pois estão condicionadas a aspectos automáticos do próprio estado mental. Então, é preciso entender algumas situações como exemplo da interferência automática atuante fora do limiar consciente. Vamos falar de algumas poucas situações e, em momento oportuno, poderemos estender o assunto. Certamente, dada a relevância da questão, é preciso mais tempo para se abordar de forma contínua, para se elaborar a influência cotidiana desses estados mentais. Vamos a alguns exemplos.

A chamada preguiça é um estado generalizado fisicamente a partir de estados mentais não conscientes, e atuantes no âmbito subliminar mental, com consequências fisiológicas importantes. Indisposições geram também estados mentais auto-limitadores, que forçam o resumo comportamental diante de várias situações em que se precisa um campo energético físico mental melhor. Angústias e ansiedades também costumam criar estados mentais auto-limitadores subconscientes e que impedem a normalidade mental. É preciso que se compreenda que, para cada caso, pode-se perceber a extensão de processos automáticos e atuantes organicamente com consequências mentais. Vamos a um exemplo. Voltando ao estado de preguiça. O termo é generalizado para indisposições a determinadas situações subjetivamente relacionadas a níveis específicos de gasto energético, físico e mental. A indisposição mental subliminar automática deflagra um isolamento mnemônico e processos de ansiedade contida, ou seja, não explícita, causando lentidão comportamental e indisposição orgânica. Os efeitos proporcionam processos subliminares automáticos que desconsideram a confiança em si mesma. Assim sendo, a indisposição se transfere para as chamadas vísceras em que uma espécie de letargia pode paulatinamente estagnar a movimentação do alimento, ocasionando instabilidade orgânica. Os estados mentais regidos por sistemas subliminares auto-limitadores são também auto-destrutivos, impondo várias espécies de consumo energético em paralelo, subconscientemente. Muitos desses estados mentais como consequência se tornam vulneráveis a boúges, lasmas e flasmas. Os estados boúgicos são por excelência subliminares de auto-consumo energético, dando vazão para campos fi de seres externos, como acontece com aqueles que são assediados pelos chamados espíritos, que consomem a energia a partir dessas aberturas automáticas dos centros de energia. Ao abordarmos este tema, buscamos reforçar a importância da confiança e do auto-trabalho consciencial para manter em torno do eixo consciencial os aspectos subconscientes e não conscientes automatizados. Muitas vezes é tarefa a ser implementada por não haver níveis satisfatórios de auto-confiança. A luz do amor pode contrapor e equilibrar, transformando muitos dos estados automáticos em estados hierarquicamente ligados à consciência. Isto quer dizer, na dependência da experiência consciencial, assumir níveis específicos de auto-controle. O interesse de nossa parte resume-se em proporcionar processos individualmente desenvolvidos, acerca de si próprios ou de si próprias. O intuito de assumir a consciência pode revelar estados automáticos paralelos, influenciando instabilidade e a não auto-confiança. O assunto deve ser retomado baseando-se na experiência plausível de se conseguir auto-gerir, cada vez mais, desautomatizando sistemas subliminares. Paz e Amor. Paz e Amor.

Agradecemos.

Grupo: De forma objetiva, como agir diante disso? Eu estou sentindo desassossego, preguiça, como entender o processo?

NA: Primeiramente, é preciso identificar em si a possibilidade de estados automáticos estarem em atividade de forma subliminar. Há uma dificuldade em frente, pois, às vezes, como são estados automáticos e subliminares e subconscientes ou inconscientes, torna-se difícil a identificação. Mas, a consideração do sentimento, da intuição, terá grande valor, aliada a processos voltados para a reflexão e auto-reflexão. Auto-reflexão deve partir de estados específicos de consciência, como acontece em meditações. Assim sendo, há aí a indicação preliminar para que se faça regularmente uma parada mental meditativa. Isto é, deixar a mente livre, sem controle, recriando estados possíveis de auto-observação. Esse é um dos papéis da chamada meditação. Costumamos dar o nome de inflexão mental. A inflexão mental é uma espécie de tempo dado à mente para que ela transite automaticamente sem o controle específico da consciência. Mas, ao mesmo tempo, auto-observativo. Assim sendo, poderá usufruir de insights diversos, incluindo os efeitos automáticos subliminares, subconscientes ou inconscientes que se expressam frequentemente e se posicionam por entre ou por trás do excesso de “ruído” mental. Ao desacelerar a mente e se auto-observar, poderá selecionar impressões sobre si mesma. Então, este é o aspecto que trataremos inicialmente. Pare e não se analise. Permita e observe. Pela natureza da auto-observação, algumas impressões, soluções ou conclusões, podem surgir da experiência auto-contemplativa. Paz e Amor.

Grupo: Nosso Amigo, identifico estados de profundo cansaço corporal e mental gerado por ansiedade, e junto um excesso de atividade mental, uma saturação. E, às vezes, no passado, eu consegui alívio com banho. De sal grosso, de camomila. Isso tem efeito sobre esse estado? Seria uma limpeza de boúges que tinham sido atraídos?

NA: Sim, sobre especialmente aquilo que a tensão transfere para o campo bio-áurico , pois os campos eletromagnéticos e eletrofis são reordenados pela eletrocondutividade dos sais, o que modifica as tensões eletrofis, descolando grande parte, especialmente de lasmas e flasmas. Frequentemente, os boúges são respostas psíquicas mais complexas e mais engendradas na estrutura orgânica. Paz e Amor.

Grupo: Nosso Amigo, tenho muitas questões. Comecei a pensar se elas têm fio condutor. Tenho sentido muitas dores que me acompanham há três anos, nas articulações. Em exames, nada foi detectado, uma causa mais direta, também estou com minha vista muito ruim, mas estou com a vista embaçada demais, e a preguiça que citou é um estado que eu luto ou convivo, aprendi a conviver, é um conflito constante. Fico pensando se tem um fio condutor para tudo isso, ou se cada coisa tem uma origem diferente. E o programar. Estou sempre me julgando e punindo, é também constante.

NA: O fio condutor de forma figurativa pode ser processos de stress. Que podem levar à saturação, ao aumento de açúcares, e à contenção energética, para citar apenas algumas consequências. Nada que não seja de conhecimento da ciência humana. Mas, a abordagem mental precisa fazer uma revisão em seus estados conscienciais automatizados. Já abordamos algumas vezes a questão dos automatismos, mas vamos entrar um pouco mais no assunto para ajudá-los a perceber como auto-orientar-se diante dos efeitos e consequências de tais processos fora do âmbito consciencial. Há necessidade, sim, de uma reelaboração que pode ser feita por médicos, psicoterapeutas, etc. Entretanto, é frequente que, praticamente, todos, à parte de alguns poucos, podem compreender fora do âmbito físico as construções mentais e o que fazer. A priori, as medicações não atuam objetivamente neste âmbito. Assim sendo, voltamos a afirmar sobre os estados mentais criados pela chamada meditação, como já dissemos. Apenas como início da compreensão do assunto. Paz e Amor.

Grupo: A questão, então, é da gente mesmo. Estava para vir para cá, mas meu corpo estava tão cansado e dolorido. Tive que lutar para vir. Isso é coisa da gente mesmo? Pensamos em mal olhado, e coisas humanas assim. Pois de repente você está bem e no outro dia, está pior, e fica difícil de entender e distinguir. Talvez seja a necessidade da parada.

NA: Primeiramente, não se pode responsabilizar a pessoa por tudo, assim como não se pode eximir a influência nas suas diversas formas ambientais, sociais, culturais, médicas, ecológicas, porque todos estão envoltos em um ambiente que atua fortemente sobre os organismos. A própria gravitação exalça processos orgânicos a todo instante, alterando forças de equilíbrio, mas que resultam de forma complexa, então não há necessidade de culpabilizar algumas das variáveis, pois elas são sustentadas de forma complexa, mas, interagente. É preciso buscar processos mais autônomos para fazer frente para contrapor, para anular ou reforçar determinadas condições mentais e/ou orgânicas. Vários aspectos podem ser determinantes para se solucionar muitas dessas questões. Por isso, inicialmente, é preciso que se compreenda que tens em si um grande poder transformador, cuja capacidade pode alcançar a complexidade das variáveis que atuam no conjunto de sistemas dotados para funcionarem como organismo, como mente ou como processos diversos, capazes de autogerência. Da mesma forma que se pode gravar em um disco de cera a complexidade de um som, que se converte em vibração de uma agulha sobre esse disco de cera, imprimindo suas nuances ondulatórias, o inverso produz o mesmo efeito. Ou seja, o som gravado. Os processos mentais são capazes de exprimir aspectos diversos simultaneamente resultantes nos estados gerentes mentais, muitas vezes, e este é o caso, automatizados, não assumindo as suas gerências conscienciais e orgânicas. Enquanto processos automatizados, funcionam à mercê das resultantes que atuam sem a gerência da consciência. Desta forma, criam ambientes específicos para o corpo e para a mente, deflagrados e deflagrantes de processos da experiência vivenciada. A experiência vivenciada é aquilo que está acontecendo no seu dia a dia. São as tendências de se acontecer aparentemente a esmo, sem possibilidade de interferência. Mas, potencialmente é possível e é preciso aprender a interferir na “realidade”, por meio dos seus próprios recursos orgânicos, mentais sociais, físicos, que dependem, em suma, da credibilidade do seu próprio sistema consigo mesma.

NA: Existem coisas à mercê de um chamado destino, mas há muito mais coisas acessíveis ao ser que estão sob os processos criativos mentais conscienciais, juntamente com as suas habilidades de inteligência e de disposição. Essas estão sob a gerência da sua consciência. Potencialmente podes interferir, transformar, construir, influenciar, alcançar diversas questões, desde que não estejam à mercê de uma “gerência” automática. Os automatismos significam à mercê do “destino”. O destino são as ocasiões no tempo e no espaço advindas especialmente de automatismos.  

Paz e Amor. Peço a permissão para a vinda de irmãos para complementarem e atenderem algumas questões. Agradecemos.

OA: Paz e Amor. É preciso falar um pouco sobre os campos de ação especificamente voltados para eventos orgânicos mentais que por ventura estejam acontecendo. Temos a dizer para complementar o texto já elaborado com esse mesmo objetivo. Creia em si mesma. Busque ajuda se estiver insegura. Seja ajuda médica ou de outra espécie. Não configure mentalmente históricos negativos. Não use a imaginação para construir processos que depõem para si mesma mais insegurança. Busque atividade física para liberar estados de letargia boúgica, que são processos negativos automatizados. Atividades físicas são ótimas para converter e desfazer nódulos boúgicos. Busque normalizar, quer dizer, não está em estados alterados. Seja por processos químicos, seja por processos de ilusão. A ilusão são pensamentos que ficam permanentemente criando estados de tensão psíquica. É preciso dominar a si com leveza, com amor, com paciência e auto-limitação para não externalizar aspectos negativos. Este auto-controle pode ser alcançado, como já dissemos, inicialmente por processos de meditação.

Pare 5 minutos por dia, sente em um lugar confortável, de preferência tranquilo, ponha as mãos sobre as pernas, a coluna ereta, inspire e expire lentamente, e não interfira o quanto possível nas impressões, nas palavras, principalmente, deixando fluir toda espécie de manifestação viso-mental, ou auditivo-mental. Observe a si, a postura, as dores, sem expressão vocal, sussurrada ou manifestada pela consciência. Apenas observe. Os efeitos se farão sentir à medida que persistir. Começará a ter mais controle sobre os efeitos que incomodam. Construa mentalmente leveza, paz e amor. Ao acordar, busque elaborar, baseado em primeira luz, a essência de todo o dia. Ao dormir, reflita as boas questões que o dia lhe trouxe. Esqueça os problemas. Os problemas podem ser pensados, na parte da manhã, depois do alimento, e na parte da noite, devem cessar antes do alimento. Durante as alimentações, não pense em nada. Ou pelo menos, sinta que o alimento lhe fará bem. Agradecemos. Paz e amor.

NA: Algo mais?

Grupo: Um alinhamento

NA: Peço a permissão para a vinda de nosso irmão.

Grupo: Paz e Amor. Paz e Amor. Vamos fazer o equilíbrio. Vamos fazer diferente, pois podemos fazer o equilíbrio dos centros de energia de várias formas. Uma delas, pode ser esta. Todos ponham as mãos umas contra as outras. Sentados à mesa, colocamos as palmas das mãos, umas contra as dos outros, Japinha, inclusive, e ele disse que os irmãos iriam ajudar para alinhar nossos chakras.

NA: A cada vez que pensares em si, busque perceber habilidades e capacidades, situações que possam contribuir de forma a reforçar necessidades e questões positivas. É preciso momentos para se enfrentar os problemas ou as negatividades. Prepare-se com amor, analise com amor, pense com amor, limite-se negativamente, amplie-se positivamente. Não se trata de lidar com simplesmente o positivo ou o negativo, como se fossem aspectos independentes, pois não são. Mas, são aspectos controláveis, influenciáveis, e se queres estar bem, pense que estarás bem, se não conseguires, abra-se ao amor para enfrentar, com leveza, estar mal. Provavelmente, ficará bem. Estados mentais e corporais podem ser geridos pela consciência e transformados de forma construtiva, de maneira a somar as virtudes de seu próprio ser. Conduza sua vida pela ótica do seu profundo amor incondicional. Paz e Amor. Paz e Amor. Agradecemos. As águas estão energizadas.